quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Campanha Água Q. S. P. / Ganhe um kit Cosmotec

Quando fazemos o LCA (life cycle assessment) de um produto, nos deparamos com diversos pontos de atenção no que se refere ao impacto causado no meio ambiente. Estamos falando de insumos minerais, desmatamento, resíduos, matriz energética, etc. Cada indústria tem suas características e processos que agridem mais ou menos o ambiente. Mas independente disso, o impacto existe e deve ser minimizado.

Falando especificamente da cadeia produtiva de cosméticos, o LCA aponta impactos bem característicos, como a toxidade de produtos, teste em animais, fragrâncias e corantes sintéticos, conservantes, produtos GMO (genetically modified organism), embalagens etc. Tem também a questão da água. Por exemplo: cremes chegam a ter até 70% de água em sua composição, loções entre 75 e 85% e géis de limpeza até 90%! Sem contar que por questões de reação química, a água utilizada é a chamada de qualidade superior (potável e purificada).

Apesar do alto impacto no meio ambiente, a indústria de cosméticos adota uma série de medidas para minimizá-los. Há a tentativa da maioria das empresas de praticar o green chemistry, o comprometimento em não testar produtos em animais, em não usar produtos e derivados GMO, em adquirir insumos naturais... há, até, a certificação para os cosméticos orgânicos e naturais, emitida pela Ecocert.

Assim como a maioria das cadeias produtivas da indústria, a cadeia do cosmético é complexa e com muitos fornecedores. Nós, como consumidores finais, não temos muita noção de como essa cadeia é formada e que tipo de fornecedores fazem parte dela. Pois bem, apresento a vocês a Cosmotec, indústria brasileira que fornece matérias-primas como aditivos reológicos, agentes condicionantes, conservantes, silicones e derivados etc.

Sabendo de seu impacto no meio ambiente, a Cosmotec lançou em março desse ano a campanha Água Q.S.P. (quantidade suficiente para...) e tem como objetivo fazer com que cada um de nós utilize apenas a quantidade de água suficiente para viver com qualidade, evitando qualquer tipo de gasto desnecessário. É uma iniciativa bastante válida, levando-se em consideração que nós, brasileiros, temos o péssimo hábito do desperdício.

No hotsite do projeto é possível conhecer melhor a proposta da campanha, ver dicas de economia para a casa e empresa, além de espaço para colocarmos nossas dicas, como a de que da utilização da água recolhida da chuva na reciclagem da água do aquário, substituindo a da torneira, que é rica em cloro e pode ser prejudicial para plantas e peixes. Há, também, a possibilidade de indicar uma instituição para receber o apoio da Cosmotec no gerenciamento dos recursos hídricos.

E para promover o Água Q.S.P., a Cosmotec fez uma parceria bem legal com este presente blog, onde presentearei um leitor com uma ecobag da empresa e um squeeze térmico (para quem corre longas distâncias como eu, é excelente!) Para concorrer, basta deixar um comentário neste post dizendo que tema de sustentabilidade corporativa você gostaria que fosse abordado aqui. O autor da melhor sugestão, além de ganhar os brindes, verá um texto sobre o assunto escolhido. O resultado sairá no dia 05 de setembro. Participem!

16 comentários:

marcosarl disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Constantino disse...

Gostaria que fosse abordado o tema de reutilização das aguas pelas empresas e corporações.

GQVT-Flávia Boni disse...

Parabéns Juliana pela votação....vc merece por todo seu empenho.
Abs,
Flávia Boni

Thiago am disse...

Não só pelo prêmio, mas realmente sinto interesse em mais informação sobre ações no tema de gênero.

primeiro pela precarização do trabalho feminino mundo afora, e segundo por as mulheres serem um mercado formidável (fundamentos suficientes para serem stakeholders). Mesmo assim não vejo com clareza empresas voltadas p esse campo. Penso, sinceramente, sua ajuda. Obg e parabéns!!!

marcosarl disse...

Primeiramente parabéns pela iniciativa! Gostaria que fosse abordado o tema de reutilização(reciclagem) do papel dentro das empresas e organizações. Hoje em dia se gasta muito com papel. Na minha empresa os colaboradores são instruidos a utilizar os dois lado do papel. Depois que o papel não é mais util, ele vai para reciclagem e vira bloco de anotações, agenda que é entregue aos colaboradores.

Julia Corrêa Côrtes disse...

Juliana, eu gostaria de conhecer um pouco mais sobre as tecnologias que existem hoje que podem adaptar a estrutura física das empresas em relação a questão arquitetonica. Ou seja, o que pode ser feito em uma empresa ou corporação para ela passar ter um arquitetura que colabore para a instituição ser um pouco mais sustentável.

Obrigada e parabéns!
Julia Côrtes

Willstreetthrashfromhell disse...

parabens pelo blog, segunda materia que vejo e pretendo continuar acompanhando.

um tema que gostaria de ver por aqui é reciclagem em escolas (primarias ou secundarias) queria saber se existe por aqui pois acho muito importante as crianças aprenderem desde cedo a reciclar.
obrigado.

charlesnisz disse...

Gostaria que você abordasse o seguinte tema: pequenas atitudes, grandes mudanças. Por exemplo: quantos copinhos plásticos cada um de nós gasta por dia? Eles são feitos de petróleo e se usássemos canecas individuais, muita energia e recursos seriam economizados.

Charles
PS - depois dá uma lida no meu blog. Estou participando de um concurso de blogues sobre mudanças climáticas, do Centro Europeu de Jornalismo.

Sylene disse...

Opaaa.. fico feliz em saber que você conseguiu entrar no Top 100!!
Parabéns Ju!!heheheheheh...iuuuppeeeee..

Olha só, um tema que gostaria que fosse abordado era:
_ "A Gestão dos ecossistemas e seus custos para a economia e sociedade"
Uma vez que ta sendo falado sobre os prejuízos econômicos decorrentes da perda de serviços ambientais.

No mais..., parabéns mais uma vez por seu sucesso, Ju, e espero que os nossos mestres e doutores acadêmicos possam reconnhecer seu trabalho!

denise souza disse...

oi,ju,adorei o blog!partindo da conscientização ecológica empresarial,um tema q eu sugiro para abordagem, é a questão das empresas d cosméticos(industria q cresce praticamente alheia à crise econômica),que utilizam muito plástico em suas embalagens.há como utilizar a versão biodegradável nesses itens?

Aline Kelly disse...

Olá, parabéns pelo Blog.
Vi em outro post, que vc já cogitou fazer um estudo d ecaso sobre a Souza Cruz, vc fez? Neste mês de agosto, esbarrei duas vezes com a Souza Cruz em eventos de sustentabilidade, e isso me incomodou bastante. Não acredito que uma empresa que tenha um produto tão prejudicial a saúde pública possa dizer-se sustentável, no máximo que reduz o seu impacto. Gostaria que falasse sobre isso.
Obrigada

epitafiopessoa disse...

Olá Parabéns pelo site, eu gostaria de ver formas simples de deixar a casa edológica, e campanhas para reflorestar áreas afetadas como o parque nacional do Juquery em Franco da rocha, que inclusive acaba de sofrer um incendio,....


abraço,....Daniel Formigao

Matera disse...

Julianna, um tema que acho bacana é como as empresas se reinventam. Por exemplo, a Sul América patrocinando a bicicleta como o meio mais eficaz para locomoção no Rio de Janeiro (uma vez que o carro, hoje em dia, não é tão bem visto pela sociedade em geral por causa do trânsito, poluição, gastos, etc).
Parabéns pelo blog!

Camila Fabrício disse...

Parabéns Juliana! Fico feliz com a conquista no Top 100.

Uma sugestão de matéria seria abordar a questão das embalagens de um modo geral e o que as empresas tem feito de concreto para melhorar.

Paulo disse...

Primeiramente parabéns Juliana! Descobri seu blog por acaso em julho deste ano e desde então o visito com alguma freqüência, realmente tem um conteúdo muito bom, tenha certeza que você merece estar nesse TOP 100 de sustentabilidade.

O tema que eu queria ver é relacionado a sustentabilidade esportiva:
Aproveitando que o Brasil foi escolhido para ser sede da Copa do Mundo de 2014, quais são os benefícios para a sociedade brasileira da ocorrência de tal evento, passando desde a infra-estrutura das novas arenas (novas tecnologias) até a melhoria da qualidade de vida dos moradores das sedes escolhidas. Seria interessante também analisar os benefícios de grandes eventos esportivos já realizados aqui no Brasil (Pan no Rio de Janeiro; As diversas provas de corridas). Porém não precisa ficar restrito somente a copa do mundo, a sustentabilidade esportiva é um tema muito amplo.

bjos,
Paulo Goulart

Cantinhos da Surpresa disse...

Juliana,
Particularmente e essa area que também quero seguir, por isso resolvi seguir seu blog...

um tema bom para abordar é a conscientização sobre a reciclagem de uma maneira geral dentro da empresa tal como as mudanças de hábitos dos colaboradores interno e externo, consequentemente o publico final.
ate mais