domingo, 29 de novembro de 2009

Empresas, instituições e pessoas fazendo a diferença

Já escrevi aqui no blog, mais de uma vez, inclusive, sobre a relação entre sustentabilidade e o mercado financeiro. Citei ferramentas como os Princípios do Equador, índices de sustentabilidade nas bolsas de valores, microcrédito, criação de fundos de investimento voltados para empresas que praticam ações socioambientais, dentre outras ações. E falei também do quando a sustentabilidade é importante nesse setor.

Entrando mais especificamente na questão dos fundos de investimento, há pouco tempo foi criado um fundo com conceito totalmente inovador. Em 2007, o Banco Itaú lançou o Fundo Itaú Ecomudança (hoje já são dois tipos), que destina 30% da taxa de administração para o apoio a projetos de redução de emissão de gases de efeito estufa. Assim, não apenas o banco assinou compromisso com a causa, mas também colocou para seus clientes a corresponsabilidade de mudar o mundo.

Criado no ano passado, o Programa Ecomudança seleciona projetos a serem apoiados pelo banco com esse dinheiro arrecadado. Em 2008 foram selecionados dois projetos: Farol do Sol IDEAAS, de Lagoa dos Patos (RS), sobre redução de queima de combustíveis fósseis, e o EcoPommer Sustentável Fundager, de Santa Maria de Jetibá (ES), sobre produção de biogás a partir do processamento integral de esterco.

Para a edição desse ano o programa destinará R$ 330 mil (quase o dobro do valor destinado no ano passado) para até cinco projetos que estejam relacionados à eficiência energética, energias renováveis e manejo de resíduos. Podem se candidatar organizações brasileiras sem fins lucrativos que sejam responsáveis diretas por um projeto ambiental no país. A seleção ficará a cargo do Instituto Ekos Brasil, entidade sem fins lucrativos que atua na promoção do desenvolvimento sustentável.

Depois da inscrição, será feita uma triagem para verificar a adequação dos projetos às exigências do edital. Em seguida serão escolhidos os projetos finalistas, que terão avaliados a capacidade de gestão para a sustentabilidade, relevância do programa frente ao contexto local, inovação, resultados pretendidos e potencial de transformação local. Após isso as organizações finalistas serão visitadas pelo Instituto Ekos Brasil, que junto do Conselho Consultivo dos fundos, escolherá os projetos vencedores. O anúncio dos escolhidos será feito em abril de 2010.

As instituições interessadas em participar da seleção devem inscrever seus projetos até o dia 11 de dezembro. A ficha de inscrição, o edital do programa, informações sobre os Fundos Ecomudança e demais iniciativas socioambientais do Banco Itaú podem ser acessados pelo hotsite do programa: http://www.itau.com.br/ecomudanca

2 comentários:

βruиӨ!ChapӨ! disse...

^^
Parabens Blog show de bola!^
...

Julianna Antunes disse...

Brigada, Bruno!