segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Estratégia para sustentabilidade

Lembram-se quando, em meados de agosto, coloquei aqui uma tabela sobre um tal manifesto azul em contraposição ao manifesto verde, bastante disseminado nos dias de hoje? Pois bem, não tinha dito qual, mas encontrei e concordei com o manifesto azul ao ler um livro super moderno no que diz respeito aos conceitos de sustentabilidade corporativa. Chama-se “Estratégia para a Sustentabilidade”, escrito por Adam Werbach, CEO da Saatchi & Staachi S, uma das principais consultorias de sustentabilidade no mundo.

O livro é um desafio para os atuais administradores de empresas. E não só por falar o mantra de que tem de se pensar em longo prazo e bla bla bla. Ele começa dando um soco no estômago de 95% das pessoas que acham que sabe o que é sustentabilidade ao afirmar que pretender somente salvar o meio ambiente não basta. Poderia ter parado de ler o livro nesse momento porque já teria valido a pena. E olha que a frase estava na página dois!

Ao longo dos capítulos, Werbach mostra uma pegada forte dos princípios de qualidade, como a melhoria contínua. Ele também mostra metodologias criadas pensando já na sustentabilidade, como a STeR, que faz mapeamento de oportunidades. O grande diferencial desta prática é o que está sendo analisado do ponto de vista administrativo, que no caso é a sociedade, a tecnologia e os recursos.

Apesar da novidade em estratégia, a parte que mais me chamou a atenção foi uma proposta um tanto quanto óbvia, mas ao mesmo tempo instigante: transparência. E o autor faz as seguintes perguntas: como você age num mundo sem segredos? Como você pode usar seus críticos para ajudar a estimular o comportamento correto? Mais do que ameaças, ele acredita que o compartilhamento de informações abre a empresa para novas ideias e oportunidades de negócio.

Outra abordagem interessantíssima do livro, que muito me cativou, pois é o que eu acredito há tempos, é a forma como a sustentabilidade é tratada. Diferente do alarmismo dos ativistas, ela é mostrada como um simples processo atrelado a uma nova forma de se fazer negócios. Assim como há quarenta, cinquenta anos a qualidade mudou a forma de se administrar uma empresa, é exatamente o que a sustentabilidade vai fazer nos próximos anos.

Administração. É sobre isso que o blog fala há pouco mais de um ano e nesse escopo que as pessoas devem encarar a sustentabilidade corporativa. É sobre isso que trata o livro. Administração pura e simples. Nada de filantropia, nada de jogar nas empresas uma responsabilidade que diz respeito ao governo. Pensar em longo prazo, repensar estratégias, mudar a forma de se negociar, de operar a empresa e de se relacionar com seus públicos de interesse. Mas nada mais que administração.

Enfim, um livraço: Estratégia para Sustentabilidade – uma nova forma de planejar a sua estratégia empresarial. Autor: Adam Werbach. Editora: Elsevier.

1 comentários:

Julianna Antunes disse...

Estratégia para sustentabilidade foi escrito e postado no dia 06/09/2010.