quarta-feira, 20 de abril de 2011

A nova Agência de Sustentabilidade

No ano passado, um pouco antes de eu viajar para o ICOVACS, a Agência de Sustentabilidade teve de passar por uma mudança que não estava prevista, que envolvia, inclusive, troca de CNPJ. Como não tinha tempo hábil para fazer isso naquele momento, comecei a executar essa mudança em minha volta. Inicialmente foram mudanças estruturais, não perceptíveis pelo público.


Depois de rearrumar a casa, aí sim, começaram as mudanças externas. A primeira foi a nova forma de comunicação. Em fevereiro foi lançada a newsletter da empresa e junto dela white papers mensais. Por incrível que pareça, eu, Julianna, tenho muita dificuldade em escrever, principalmente textos extensos. Cada paper pronto, acreditem, é um parto pelo qual eu passei.

Mas apesar do “sofrimento”, geração de conteúdo é muito estratégico para o meu planejamento por um simples motivo: sustentabilidade é um conceito complexo e a proposta da Agência é inovadora. Por isso é preciso criar massa crítica, é preciso fazer com que as pessoas entendam como a empresa trabalha e as soluções que ela desenvolve.

Depois da newsletter e do white paper, teve a criação da H² Sustentável, que semana que vem vai para o segundo encontro. O objetivo: novamente a geração de massa crítica. E mais: a criação de uma agenda de sustentabilidade para o Rio de Janeiro, networking, mobilização, circulação de informação que costuma ser muito restrita a um pequeno grupo.

Apesar de eu ainda não ter trazido a informação para o blog (mas trarei), outra mudança externa é a oferta de cursos abertos. De novo: geração de massa crítica. E não apenas isso. Por conta da inovação no conceito, não há gente no mercado que tenha exatamente a experiência que eu preciso. Logo, ter pessoas capacitadas nesse modelo de sustentabilidade é a garantia de que num próximo futuro a Agência não sofrerá um apagão de talentos. E sem ser hipócrita: ganhar dinheiro com isso, por que não?

E aí no meio desse quase tsunami, ontem foi ao ar a mudança que julgo a mais perceptível para o público em geral e que resume todo o processo pelo qual a Agência de Sustentabilidade passou nos últimos seis meses: o novo site. Mudou layout, mudou a dinâmica, mudou, principalmente, conteúdo. Não que a visão de sustentabilidade tenha mudado ou que as soluções desenvolvidas pela empresa no ano passado não valham mais. Continuam valendo, e muito, mas elas amadureceram e vão sempre passar por transformações.

Além disso, era fundamental sair do foco de empresas e mostrar o que eu considero a nossa verdadeira inovação: sustentabilidade esportiva. É um segmento que já existia antes, mas que não estava pronto para ser divulgado abertamente. Na verdade, inclusive, esporte é a principal razão de existir da Agência de Sustentabilidade, mas isso é história para ser contada em um H² da vida. Quem quiser saber mais é só me perguntar lá.

Enfim, convido vocês a destrincharem o site, a lerem o novo conteúdo, a darem sugestões, a fazerem críticas e a participarem desse processo de construção de um conceito complexo, apaixonante e extremamente necessário. Aos que ainda não conhecem: www.agenciadesustentabilidade.com.br

1 comentários:

Luciana disse...

Juliana

Parabéns pela nova imagem da empresa, site e desejo sucesso ao trabalho de vocês!
Sou de uma empresa de eficiência energética e tenho me especializado em sustentabilidade empresarial. Ter acesso ao seu site, textos e notícias é inspirador e traz mais ânimo na batalha pela sustentabilidade no mundo empresarial e social. Tenho desejo me montar uma ORG que alie os projetos empresariais e o desejo da população em colaborar com a sustentabilidade. Em momento oportuno entro em contato para trocarmos algumas figurinhas..

Sucesso!
Abraços
Luciana Gomes