quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Procura-se estagiário!!!

Tá ruim da vista e não consegue enxergar letra miudinha? Clica aqui que resolve! E espera um pouquinho porque a qualidade não fica alta de uma hora para outra. Mas se a pressa for muita, pode baixar a imagem no seu computador!


5 comentários:

Rayane disse...

Muito interessante o processo de seleção proposto por vocês. Parabéns!

Ainda vivemos num "formato" em que o nome da faculdade diz mais do que a vontade da pessoa de aprender ou mesmo naquilo em que ela é boa e gosta.

Acredito que ações como essa podem sim começar a mudar o mundo.


Lorena disse...

Ótima estratégia, ótimo perfil. Mas, para ser exigente, buscar um diferencial, é preciso também valorizar o profissional. Oferecendo uma bolsa de R$500,00 a empresa não se mostra, na realidade, muito comprometida com o discurso que faz.

Julianna Antunes disse...

Oi, Lorena, a empresa é pequena e essa é a realidade dela. Sem contar que não esta muito diferente do mercado não. Voce deve estar se baseando em bolsa de estagio das grandes empresas, que, realmente, não tem como competir.

De quais exigências você está falando? Não fizemos nenhuma, a não ser paixão por sustentabilidade, sangue nos olhos e valores. Isso é apenas o comportamento que exigimos para todos que querem trabalhar conosco, seja estagiário, seja alguém tarimbado de experiência.

Na verdade estamos buscando alguém que queira crescer conosco e ter uma experiencia que nao teria na maioria das empresas, principalmente, nas grandes. O dinheiro vem com o tempo e com o trabalho. Muito trabalho.

A questão é que estamos dando chance para todas as pessoas... Inclusive para as que nunca trabalharam ou estão em uma faculdade que não abre portas. Estamos nos propondo a não olhar cara, a não olhar currículo, a não olhar endereço... E aí eu te desafio a me dizer uma empresa que faça assim. Porque a maioria esmagadora olha um currículo de forma diferente quando vem escrito PUC, UFRJ, quando vê que o candidato fez um intercâmbio, quando tem N experiências... Isso mesmo para um estagio. E estagio que paga igual ou 100, 200 reais a mais.

E outra, se a pessoa quer entrar nessa pelo dinheiro, ela não só não vai se interessar porque acha pouco, como ela não nos interessa porque está provando que não entende nada de sustentabilidade.

E só um feedback: cuidado com as palavras, elas podem te fechar portas. Você conhece muito pouco da minha empresa, ou melhor, você não conhece nada, para dizer que ela não se mostra comprometida com o discurso que faz.

Brubs disse...

Realmente eu concordo que as pessoas precisam tomar cuidado com as palavras porque elas fecham portas, mas recrutadores ou o que quer que sejam também precisam aprender a lidar com as críticas e não responder em tom ameaçador ou arrogante, né minha gente? E antes que me questionem não sou nenhuma 'leiga' no assunto. O anúncio toda hora remete ao fato de que o aluno precisa ser isso ou aquilo, vocês não querem saber de onde são, como se vestem, mas querem uma máquina que siga as regras de '' nada de blábláblá '' apenas moldaram uma pessoa e quer que ela siga esses caminhos, me perdoe, mas tirando o fato de que algumas informações são irrelevantes, essa é uma vaga como outra qualquer.

Filipe Piragibe disse...

Quando li sobre o processo seletivo senti vontade de voltar a ser estagiário. Trabalhar em um lugar assim seria o sonho. Juliana, por favor se aparecer outras oportunidades como esta, quero pleitear a vaga. Quem quer trabalhar com sustentabildade sabe da importância de um anúncio como este. Profissionalismo é isso, negócios continuam sendo negócios. Mas devem ser sustentáveis.

Forte Abraço