quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Outubro rosa: A prevenção do câncer de mama e as sustentabilidades corporativa e pessoal

No início do mês a querida Sam, autora do blog A vida como a vida quer, me convidou para participar da campanha Outubro Rosa, que tem por objetivo disseminar a prevenção contra o câncer de mama. E aí fiquei pensando: como atrelar um blog que fala de sustentabilidade corporativa a uma campanha dessas?

Sejamos práticos. Todos sabem que o objetivo principal de uma empresa é o lucro. Acontece que uma das maiores dores de cabeça dos RHs é a ausência temporária do trabalho por motivo de doença. Para se ter noção do seu impacto no sistema produtivo, uma pesquisa antiga feita nos EUA estimou que as empresas americanas perdem 150 bilhões de dólares ao ano com queda de rendimento de funcionários devido a doenças. No Brasil, o impacto no PIB chega a 3%. Resumindo: as empresas querem que os profissionais sejam saudáveis e possam render o máximo.

Agora passemos para o lado humano da história. Quem não pensa em alcançar o equilíbrio entre vida pessoal e profissional? Quem não quer qualidade de vida e bem estar? E agora me respondam: não seria isso, também, uma forma de, digamos, sustentabilidade pessoal? Afinal, de que adianta ter dinheiro e reconhecimento e não ter saúde? 

Apesar de não muito praticado no Brasil, a medicina preventiva é capaz de evitar uma série de gastos com saúde do governo, das empresas, das pessoas. Dinheiro este que pode ser revertido para outras coisas. Sem contar o impacto emocional que qualquer doença mais séria traz para o paciente e sua família. Ok, acho que já consegui linkar o tema ao blog, correto? Então vamos ao que interessa!

Não vou colocar aqui dados estatísticos sobre o câncer de mama ou a sua prevenção. Isso vocês podem conferir no próprio blog da Sam e em outros que participam da campanha. E recomendo; vale a lida dos posts. As informações são bastante pertinentes e os números fazem com que o sinal de alerta seja ligado, já que temos o péssimo hábito de achar que essas coisas nunca vão acontecer com a gente.

Só para finalizar o apelo, vou ser bem direta: você mulher, que adora sustentabilidade e está dominando a área nas empresas, se você tem mais de 40 anos (30, se tiver casos da doença na família), procure seu médico e faça uma mamografia todos os anos. Já você, mulher sustentável, que ainda não chegou à idade da loba, que tal fazer o autoexame? É simples, é rápido, é indolor. E pode te permitir um diagnóstico precoce. E você, homem igualmente sustentável, que tal convencer sua mãe, sua irmã, suas amigas, sua namorada ou esposa do quanto é importante a prevenção? Aliás, o senhor já fez um check-up esse ano?

1 comentários:

KINHA disse...

Olá

Eu sou a Kinha do blog AMIGA DA MODA e também estou concorrendo ao prêmio TopBlog, na categoria VARIEDADES. Vim fazer uma proposta: “UM VOTO POR UM VOTO”. Eu voto em seu blog e vc no meu. Que tal a proposta?
Gostei do se blog e estou te seguindo. Se gostar do meu, me siga também.
Vou aguardar a sua visita.

http://amigadamoda.blogspot.com

Bjo