quinta-feira, 5 de junho de 2014

Cursos de sustentabilidade Rio de Janeiro - últimas turmas!

Galera, a AS Estratégia está seguindo novos rumos e entrando de cabeça no mercado de tecnologia para sustentabilidade. Com esse reposicionamento, vamos priorizar algumas atividades e rarear outras. Uma das atividades que terá de ser “sacrificada”, pelo menos por hora, é o de cursos abertos de sustentabilidade.  

Para fazer uma despedida, ofereceremos duas últimas turmas de 2014 ainda no mês de junho, uma de Comunicação e Sustentabilidade e outra de Voluntariado Corporativo. Manteremos os preços promocionais e, além disso, oferecemos 10% de desconto para quem se matricular nos dois cursos.

Entrem em contato para informações sobre ementa, facilitadores e preço!


segunda-feira, 2 de junho de 2014

Smart Living Challenge – ideias inteligentes, sustentáveis e inovadoras


Quando resolvi virar uma empreendedora, em 2005, eu era a louca. Louca mesmo. Porque ter uma empresa no Brasil era coisa de gente corajosa. Ainda mais sendo muito jovem e com uma cara de 16 anos (ok, hoje a cara é de 25 anos). Não tinha nada melhor e mais seguro do que estudar para o concurso da Petrobras. A vida tava ganha. Que fique claro, absolutamente nada contra quem é funcionário público, mas minha vibe é outra.

Praticamente uma década se passou (minha mãe até hoje pergunta porque eu não faço um concurso) e, ainda que seja um ambiente bem hostil, empreender hoje é muito mais fácil. Fala-se de empreendedorismo nas escolas, nas faculdades... ser trainee já não é mais o sonho de 10 entre 10 universitários e a moda é criar startups de base tecnológica.

Independente do modismo, é fundamental para qualquer país criar um ecossistema empreendedor. Gera emprego, a economia roda, há uma função social importantíssima, insere muitos excluídos no mercado, possibilita mães e pais (mais mães) conciliarem trabalho e criação dos filhos...

Aliado à função social do empreendedorismo, hoje vemos mentes brilhantes e criativas pensando em soluções de negócios para melhorar a vida das pessoas, a vida nas cidades, problemas de infraestrutura, mobilidade urbana, alimentação, desperdício, consumo consciente...

E aí que pela primeira vez o governo da Suécia criou um concurso mundial que tem como objetivo gerar oportunidade de negócios através de ideias inovadoras que estimulem um padrão de vida sustentável em ambientes urbanos. As ideias podem ser produtos, serviços ou soluções que permitirão que cidadãos vivam melhor. A competição é dividida em três categorias: EAT, LIVE e MOVE.  

Para divulgar o concurso aqui no Brasil, a embaixada da Suécia promoveu no final de maio dois workshops (Rio – UFRJ - e São Paulo - USP) de criatividade de forma que os grupos participantes automaticamente se inscreviam no concurso. O workshop do Rio teve como tema a categoria EAT, que tem como foco soluções inovadoras para produção alimentícia inteligente e redução de desperdício de comida no mundo.

PAUSA: Vocês sabiam que, de acordo com a ONU, 1/3 da comida produzida no mundo é desperdiçada e que o montante desperdiçado todos os anos alimentaria mais de 2 bilhões de pessoas?

Voltando ao Smart Living, a participação nos workshops não era etapa obrigatória para a inscrição no desafio. Pessoas de qualquer lugar do planeta podem submeter suas ideias. Inclusive você. As inscrições vão até às 23.59 (horário de Estocolmo) do dia 30 desse mês. Depois disso serão escolhidas 15 ideias vencedoras, onde os autores ganharão uma viagem congelante para a Suécia em dezembro.

Na viagem, os vencedores visitarão centros de inovação e conhecerão pessoas que poderão ajudá-los a tirar a ideia do papel tanto em termos de infraestrutura, quanto em termos financeiros. Além disso, os vencedores assistirão a cerimônia de entrega do prêmio Nobel de 2014. Legal, não?

Para os interessados, o link do desafio é: http://2014.smartlivingchallenge.com/ideas.

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Como seria o mundo de hoje sem petróleo?

Para não ficar no campo da utopia e do faz de conta, antes de nos perguntarmos como seria um mundo sem petróleo com as atuais necessidades energéticas, devemos nos perguntar se é possível. E aí vem a resposta que pode incomodar muita gente: sim, é possível. Por mais que possa parecer improvável.

Em Reinventando o fogo – soluções ousadas de negócios na nova era da energia, o físico Amory B. Lovins (sim, o autor da bíblia Capitalismo natural!) mostra como, até 2050, os EUA podem se livrar do petróleo, do carvão, partir para uma economia de baixo carbono e criar um mercado energético muito mais estável e com muitos empregos. Ou seja, um novo modelo de negócios.

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Inovação, sustentabilidade, tecnologia e empreendedorismo



Galera, não sei se vocês sabem, mas desde o início do ano a AS Estratégia vem trabalhando pesado em uma spin-off voltada para o desenvolvimento de soluções tecnológicas para a sustentabilidade corporativa. No ano passado, na elaboração do nosso ciclo de planejamento 2014-2018, colocamos como um de nossos objetivos a criação de um modelo viável de sustentabilidade para micros e pequenas empresas.

Há muita dificuldade em criar um modelo viável MPEs porque as soluções que o mercado apresenta hoje e, principalmente, o preço cobrado pelas consultorias, são papo pra gente grande. Daí, no final do ano passado, começamos a pensar em um modelo onde fosse possível oferecer soluções de sustentabilidade para as micro e pequenas empresas de forma descomplicada, eficaz e pouco onerosa. Depois de algumas conversas, chegamos ao consenso de que para oferecer um serviço bom, bonito e barato, precisaríamos inserir a tecnologia na receita de bolo.

segunda-feira, 5 de maio de 2014

“Time to Inspire”: a nova série da Herman Miller Brasil

Uma das coisas que mais sinto falta na internet, é conteúdo em vídeo sobre sustentabilidade, principalmente sobre sustentabilidade corporativa (olha a oportunidade aí, gente!) Imagina que legal seria poder acessar, sei lá, toda a semana, vídeos de qualidade com pessoas de mercado falando de cases, de modelos de gestão e da sustentabilidade no dia-a-dia das empresas?

E aí que no meio disso me deparo com uma iniciativa super legal no canal da Hermam Miller no Youtube. 

Pois bem, para proporcionar às pessoas momentos inspiradores, a Herman Miller Brasil lançou sua nova série de vídeos, intitulada “Time to Inspire”.  São apresentados seis miniprogramas com profissionais que contam como foram longe por meio da excelência no trabalho, com base em design, inovação e sustentabilidade – os três conceitos pilares da empresa.

Roberto Klabin, vice-presidente da SOS Mata Atlântica, é um dos entrevistados. Em seu depoimento, ele expõe a preocupação com a preservação do meio ambiente através de práticas sustentáveis das pessoas e empresas, o papel do design por um mundo melhor e a importância do projeto em todas as fases de nossas vidas. 

Assistam o vídeo com o Roberto Klabin:



Conheça outras histórias inspiradoras em:  https://www.facebook.com/HermanMillerBrasil